Segunda-Feira, 18 de dezembro de 2017 | login

Dia do Campo Limpo - 2017 - Monte Alegre do Sul

ter, 28/11/2017 - 15:42 -- consorcio

Em parceria com o CISBRA, o dia do campo limpo realizado no dia 22/11/2017 na cidade de Monte Alegre do Sul, recebeu mais de 930 embalagens de agrotóxicos. É a primeira ação de coleta de embalagens realizada no município.

A ação realizada pelo município contou com apoio da Agro Pina e CATI.

O Sistema Campo Limpo é a denominação do programa gerenciado pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias – INPEV para realizar a logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas no Brasil. Abrangendo todas as regiões do país, o sistema tem como base o conceito de responsabilidade compartilhada entre agricultores, indústria, canais de distribuição e poder público, conforme determinações legais, o que tem garantido seu sucesso.

Importante para o meio ambiente, a ação visa a retirada das embalagens que teriam os mais diferentes destinos, como fogo, aterramento ou rios, segundo relato dos próprios produtores e passam a ser destinadas corretamente para a ADIAESP - Associação dos Distribuidores de Insumos Agrícolas do Estado de SP.

Quando as embalagens são abandonadas no ambiente ou descartadas em aterros e lixões, esses produtos ficam expostos às intempéries e podem contaminar o solo, as águas superficiais e os lençóis freáticos. Há ainda o problema da reutilização sem critério das embalagens, que coloca em risco a saúde de animais e do próprio homem.
 

Após o recebimento, as embalagens são encaminhadas ao posto de recebimento de Valinhos/SP e seguem para a central da ADIAESP em Piedade/SP. Chegando lá, as embalagens são separadas e aquelas que passaram pela Tríplice Lavagem são prensadas e enviadas para a reciclagem aonde serão transformados novamente em embalagens de agrotóxicos. Porém, aquelas que não foram lavadas seguem para incineradores próprios e licenciados, cadastrados pelo INPEV para esta finalidade. POR ISSO É TÃO IMPORTANTE REALIZAR A TRIPLICE LAVAGEMgarantindo assim o retorno para o ciclo produtivo.

No Brasil, segundo dados do INPEV, entre 2002 e 2016 foram retirados do meio ambiente, mais de 480 mil toneladas de embalagens vazias de defensores agrícolas. Em 2016, 44 mil toneladas do material foram retiradas de circulação.

Estima-se que em 2017 este número se repita. Tais números tornam o país uma referência na logística reversa de embalagens vazias de agrotóxicos.

Gostaríamos de agradecer o apoio de todos os parceiros e envolvidos que contribuíram para que o “Dia do Campo Limpo” fosse realizado com sucesso.